Pages

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Cadê o Dinheiro?

Obras inacabadas, nomeações e contratos suspeitos. Cadê o dinheiro?

req fio2

Escola em Campina Grande do SulJaime Sunye denunciou a suspeita de fraude na Diretoria de Engenharia, comandada por Maurício Jandoi Fanini, amigo pessoal do governador. Segundo Sunye, fiscais apresentavam informações falsas sobre o andamento de obras para aumentar o volume de recursos repassados à empresa Valor Construtora e Serviços Ambientais.

A construtora recebeu os pagamentos, mas as obras não saíram do chão. Escolas em Campina Grande do Sul (fotos 1 e 2) com obras que não chegam a 20% e já receberam quase que a totalidade dos investimentos, e o Parque do Monge (foto 3), na Lapa, são exemplos.

Este último, aparentemente abandonado, recebeu mais de um milhão de reais em recursos para reparos (em pleno ano eleitoral), embora o cenário atual não pareça ter recebido qualquer benefício deste montante. Além do mais, o local foi recém anunciado como possível parque a ser privatizado no Estado.  “No governo Richa é assim, primeiro demite o funcionário que denuncia a corrupção, depois o denunciado. Talvez porque Fanini seja um amigo antigo e que trabalha há anos para o governador Beto Richa”, criticou o deputado Requião Filho (PMDB).
Parque do Monge, Lapa
Em seu discurso, o parlamentar voltou a trazer dados referentes às estranhas nomeações do governador publicadas pelo Diário Oficial nos últimos anos. Mas foi sem sucesso! O requerimento feito pela oposição para trazer o delator foi rejeitado por 25 votos contra 14.





ambulanciasAmbulâncias 
Além disso, a polêmica em torno da entrega das ambulâncias aos deputados do “camburão”, movimentou a mídia e os discursos dos deputados. O deputado Requião Filho protocolou um pedido de providências ao Ministério Público Estadual para averiguar a distribuição delas e se foram direcionadas aos deputados do “camburão”.

Na tarde de ontem, circulou entre os parlamentares o que seria uma lista contendo os nomes de 33 deputados que receberam três ambulâncias cada um para distribuir a municípios que compõe suas bases eleitorais. Segundo o deputado, há indícios de que a entrega do “prêmio” seja o pagamento pelos votos recebidos durante as votações aos projetos encaminhados pelo Executivo. Tudo porque durante a sessão de ontem (30), o líder do governo Luiz Claudio Romanelli afirmou: “Vocês escolheram um lado e agora arquem com o ônus de ser oposição. Nesta Casa, quem tem capacidade de transformar políticas públicas é quem tem condições de dialogar com o governo”.
Para o deputado Requião Filho, o governo deixou claro que só serão beneficiados os deputados que votarem com ele, aqueles que garantem a famigerada governabilidade. “Não deixa de ser uma espécie de mensalinho que precisa ser investigado”, denuncia o deputado.
Na tribuna, ele deu continuidade à discussão, foi criticado pela base do governo por mencionar a votação que culminou no massacre dos professores, em 29 de abril, como moeda de troca às ambulâncias, e foi apoiado por vários deputados. A polêmica gerou grande polêmica.


quinta-feira, 2 de julho de 2015

Quem Planta, Colhe.

Veja essa: Beto Richa está em ÚLTIMO lugar na pesquisa para o Senado

senado_pesquisaO governador Beto Richa (PSDB) está em último lugar na corrida por uma das duas vagas em jogo em 2018 para o Senado Federal. Se as eleições fossem hoje, o tucano teria a vergonhosa marca de 7% nas intenções de voto, segundo levantamento do Paraná Pesquisas publicado nesta quinta-feira (2) pelo jornal Gazeta do Povo.
O senador Roberto Requião (PMDB) seria reeleito para o cargo com 45%, seguido do deputado estadual licenciado e secretário de Estado Ratinho Júnior (PSC), que tem 41%. Em terceiro está Osmar Dias (PDT), com 38%, e em quarto aparece a senadora Gleisi Hoffmann (PT) com 19%.
O desempenho de Ratinho na sondagem é uma prova concreta que a cria sempre supera o criador. Vide o caso de Richa, que superou seu criador Jaime Lerner. Outros analisam que o secretário do Desenvolvimento Urbano apresenta voo de galinha nesta rodada de pesquisas.
Beto Richa foi denunciado pelo Ministério Público como responsável pelo massacre dos professores, no dia 29 de abril, quando 213 pessoas ficaram feridas devido à ação violenta da polícia, durante votação na Assembleia do confisco da poupança previdenciária do funcionalismo público.
Por outro lado, Ratinho Júnior é apontado pelos educadores como responsável pela derrota da reposição inflacionária de 8,17%, na Assembleia, haja vista o PSC possuir a maior bancada com 12 deputados. O partido havia anunciado antes o “fechamento questão” favorável aos professores, mas na votação roeu a corda para ficar do lado do governador tucano.
O instituto de Murilo Hidalgo mostrou ontem (1) que Requião também lidera a corrida pelo Palácio Iguaçu e anteontem (30) registrou que 85% dos paranaenses desaprovam o governo tucano.
Sobre o último lugar na pesquisa para o Senado, professores e servidores mandaram uma perguntinha ao governador Beto Richa: “Tomou?”.

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Então, Coxinhas, Vamos Falar de Corrupção?

“Bancada do Camburão” derruba sessão para não convocar denunciante de roubo na educação do PR

“Bancada do Camburão” derrubou a sessão da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (30); por que os governistas temem ouvir Jaime Sunye, ex-superintendente da SUDE, se o mesmo poderia esclarecer as denúncias [que ele fez] de corrupção de mais de R$ 30 milhões na Secretaria da Educação? Blog do Esmael divulgou em primeira mão, no dia 7 de junho, os esquemas com obras escolares não executadas.
“Bancada do Camburão” derrubou a sessão da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (30); por que os governistas temem ouvir Jaime Sunye, ex-superintendente da SUDE, se o mesmo poderia esclarecer as denúncias [que ele fez] de corrupção de mais de R$ 30 milhões na Secretaria da Educação? Blog do Esmael divulgou em primeira mão, no dia 7 de junho, os esquemas com obras escolares não executadas.
Os deputados que compõem a base de sustentação do governo Beto Richa (PSDB) na Assembleia, a conhecida Bancada do Camburão, nesta terça-feira (30), em fila indiana, se retirou do plenário para derrubar a sessão e evitar votação de requerimento convocando o ex-superintendente Jaime Sunye, da Superintendência do Desenvolvimento Educacional (SUDE).
Blog do Esmael divulgou em primeira mão, no dia 7 de junho, os esquemas com obras escolares não executadas.
Sunye foi demitido do cargo depois de denunciar corrupção na Secretaria de Estado de Educação (SEED) envolvendo o presidente do Instituto de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), Maurício Fanini, amigo de partidas de tênis do governador Beto Richa (PSDB). A suspeita é de que a construção de “escolas fantasmas” consumiu cerca de R$ 30 milhões, isto é, o dinheiro saiu do caixa do governo do estado, mas as obras não foram executadas.
O requerimento para a convocação do ex-superintendente da SUDE partiu da bancada de oposição.
Se a “Bancada do Camburão” é majoritária na Assembleia, por que raios derrubou a sessão? Não seria mais tranquilo impor a maioria em plenário?
Ocorre que os governistas não conseguem explicar isso à base. Não aguentam mais esse desgaste e a pressão de professores e servidores públicos que os caçam em eventos públicos no interior do Paraná. Além disso, os parlamentares se perguntam: há limite para a omissão diante dos escândalos que sacodem o Palácio Iguaçu?

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Que Assim Seja, em Todo o Estado.

Professores e servidores públicos ligados à APP-Sindicato, Sintespo e Sinduepg fizeram manifestação, nesta sexta-feira (26), em Ponta Grossa, contra o deputado licenciado e secretário do Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Júnior, comandante do PSC no Paraná; As fotos do protesto são do professor Régis Clemente da Costa.
Professores e servidores públicos ligados à APP-Sindicato, Sintespo e Sinduepg fizeram manifestação, nesta sexta-feira (26), em Ponta Grossa, contra o deputado licenciado e secretário do Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Júnior, comandante do PSC no Paraná; As fotos do protesto são do professor Régis Clemente da Costa.
O secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior (PSC), foi recebido com protesto hoje (26) pela manhã em Ponta Grossa. Um grupo de servidores da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) marcou presença na assinatura de convênios para obras de infraestrutura  nos Campos Gerais.
Ao descer do carro e durante o ato, um grupo servidores protestou com faixas e gritos como “Inimigo da Educação”, “Vendido” e “Fora Ratinho e Beto Richa”. Era visível o desconforto do secretário e do anfitrião, o prefeito Marcelo Rangel  (PPS).
Ratinho foi apontado pelos servidores como o maior responsável pela derrota  da emenda que concedia o reajuste de 8,17% na data-base do funcionalismo. A bancada de seu partido PSC havia prometido apoiar o reajuste integral, mas não cumpriu o prometido e votou com a bancada governista.  (mais…)

Corrupção Na Educação do Paraná.

O blogueiro Odair Matias, de Cornélio Procópio, relaciona entre as obras inacabadas a da Escola Wllian Madi, localizada no Jardim Figueira; Polícia Federal deverá entrar nas investigações na semana que vem a pedido do MEC/FNDE.
O blogueiro Odair Matias, de Cornélio Procópio, relaciona entre as obras inacabadas a da Escola Wllian Madi, localizada no Jardim Figueira; Polícia Federal deverá entrar nas investigações na semana que vem a pedido do MEC/FNDE.
O Ministério da Educação (MEC) e o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) deverão pedir na semana que vem a entrada da Polícia Federal (PF) nas investigações de desvios de recursos de obras escolares não executadas pela Secretaria de Estado da Educação do Paraná (SEED).
De acordo com denúncias veiculadas em primeira mão pelo Blog do Esmael, o tesouro estadual teria efetuado o pagamento a empreiteiras, relativos a contratos e aditivos, mesmo sem a construção e a reformas de escolas previstas.
O foco das investigações está no Instituto de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), órgão vinculado à SEED, que era presidido pelo amigo e parceiro de tênis do governador, Maurício Jandoi fanini Antonio. Estima-se que o valor surrupiado ultrapasse R$ 30 milhões, mas há suspeita de mais desvios em outras obras ligadas à educação.
O governo Beto Richa (PSDB) anunciou que já investiga o caso por meio do Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos (Nurce), vinculado à Polícia Civil, mas a PF deverá entrar no caso porque os convênios para a construção de escolas envolvem recursos federais.

Prova "Proibida" Pelo Beto Richa.

Imagens: reprodução RPC TV/CEEBEJA Ayrton Senna.
Imagens: reprodução RPC TV/CEEBEJA Ayrton Senna.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   O conteúdo foi elaborado pelos professores Jorge Antonio de Queiroz e Silva e Edina Cristina Macionk, do Colégio Ayrton Senna, do município de Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba.
O governo Beto Richa e setores mais conservadores da sociedade paranaense querem transformar o massacre do dia 29 de abril, no Centro Cívico, em tabu, assunto proibido nas escolas e universidades estaduais. Naquela fatídica tarde, 213 pessoas ficaram feridas devido à ação da polícia de choque.
Para intimidar os mestres tamandareenses, a Secretaria de Estado da Educação (SEED) os convocou nesta sexta-feira (26) para prestarem esclarecimentos sobre a polêmica prova que reabre as feridas de dois meses atrás.
O diabo é que o Palácio Iguaçu não tem como esconder a História. Prova disso é que aUniFil (Centro Universitário Filadélfia), instituição privada de Londrina, também aplicou no vestibular questão relativa ao covarde massacre dos professores.
A sugestão parar abrir as perguntas para o distinto público partiu do advogado e professor Marcelo Araújo, colunista do Blog do Esmael nas terças-feiras.
A seguir, responda às questões da prova proibida pelo governo do Paraná em forma de comentário ao final deste post. Boa sorte.
CEEBEJA AYRTON SENNA DA SILVA
Avaliação de História – Valor 40
Professores: Jorge Antonio de Queiroz e Silva e Edina Cristina Macionk.
1- Por que Beto Richa é contra a sociedade?
2- Por que aconteceu o massacre dos (as) educadores (as)?
3- Existiam Black blocs na praça Nossa Senhora de Salete no dia do massacre dos (as) educadores (as)? Explique.
4- Como você interpreta o pedido de perdão de Beto Richa à população?
5- Por que Osmar Fibido, ex-aluno do Colégio Ângela Sandri, demonstrou tristeza ao enviar mensagem aos (às) educadores (as)?
6- Por que o Ministério Público de Contas do Estado condenou a Lei da ParanáPrevidência?
7- Por que Curitiba é a capital mais cara do Brasil?
8- Você concorda com o pedido de impeachment de Beto Richa?
9- A greve dos (as) educadores (as) foi justa? Explique.
10- Quais são os salários dos deputados, desembargadores, promotores, juízes e governador do Paraná?

Quem Vende a Alma ...

Deputados da “Bancada do Camburão” passam perrengue no interior Paraná

27 JUN 2015 - 
richa_camburao
Os deputados que dão sustentação ao governo de Beto Richa (PSDB)  na Assembleia Legislativa, membros da chamada “Bancada do Camburão”, estão sendo literalmente caçados pelos municípios do interior do Paraná. Eles são hostilizados quando vistos em público e muitos deles, para evitar constrangimentos, evitam grandes eventos a inocentes idas até uma padaria.

Em Umuarama, Noroeste do estado, o deputado Fernando Scanavaca (PDT)  não compareceu às festividades de aniversário do município. Se fosse, o parlamentar seria recepcionado por uma comitiva de professores. “Covardão”, escreveu a dirigente da APP-Sindicato na região.
A mesma sorte não teve o deputado licenciado e secretário do Desenvolvimento Urbano  (SEDU), Ratinho Júnior, comandante-em-chefe do PSC – partido que tem a maior bancada na Assembleia com 12 parlamentares. Ontem, em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, ele foi alvo de manifestação de servidores e professores das escolas e da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).
A bancada do PSC havia “fechado questão”  pelo reajuste de 8,17% ao servidores do executivo, mas na votação da semana passada voltou atrás. A numerosa bancada a favor do governo fez diferença no resultado apertado de 27 votos a 20 contra a reposição inflacionária. Por isso esta derrota dos professores, em plenário, foi debitada na conta de Ratinho Júnior.
Neste sábado (27), também se deu mal o líder do governo Luiz Cláudio Romanelli (PMDB). O deputado almoçava no restaurante Molinis, em Jacarezinho, Norte Pioneiro, quando foi abordado pela professora Ingrid Michelleto. Ela relatou nas redes sociais que, educadamente, se dirigiu à mesa de Romanelli para agradecê-lo pelo reajuste  de 3%. “Agradeceremos melhor nas urnas”, avisou.
O próprio governador Beto Richa também passou um perrengue danado nesta sexta-feira, em Foz do Iguaçu, quando participava do 6º Fórum Mundial de Meio Ambiente organizado pelos ricaços da Lide – empresa de eventos de João Doria. O tucano ficou sitiado no Hotel Mabu por 500 educadores que ali protestavam. Foi preciso sair pela porta dos fundos.
O problema é que os 54 deputados ainda não conseguiram  “deputar” nesta legislatura. Sequer conseguem ir à esquina ou testar a popularidade nas festas de São João. Estão recolhidos, temendo a fúria da população que desaprova o bullying e o massacre político e econômico impostos aos professores e servidores públicos do estado. Esses parlamentares podem se transformar em peso morto nas eleições de 2016 e daí, em 2018, podem dançar na própria reeleição. Eis a conta que eles começam a fazer.
No índex de professores e servidores tem 30 deputados governistas, da famosa Bancada  do Camburão, que continuarão sendo caçado pelos manifestantes até outubro de 2018. É a promessa dos sindicatos das categorias massacradas pela submissa Assembleia.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Eleição da Acampar.

Hoje, das nove ás onze horas, foi realizada em Curitiba, a eleição para nova diretoria da Acampar - Associação das Câmaras de vereadores do Paraná, e a chapa vencedora, eleita com 170 contra 102, tem como vice presidente o vereador barbosense Luciano Soares e como tesoureiro, o vereador Silvinho Sanches, de Corumbataí do Sul - Parabéns a ambos e que realizem um ótimo trabalho.

Manifestação em Barbosa.

Em primeiro lugar quero parabenizar aqueles que compareceram a manifestação, me refiro à aqueles dez empresários ou pais, e lamentar pela ausência de centenas que, embora deveriam estar presente, se omitiram.
Reconheço a legitimidade do movimento, mas, discordo do alvo, ( Fórum e Prefeitura), pois, é de conhecimento público que SEGURANÇA é de responsabilidade do Estado / Beto Richa, e, segundo me foi dito por um dos líderes, a passeata não foi no Destacamento da Polícia Militar e nem na Delegacia, órgãos responsáveis pela segurança em nosso município e ligados diretamente ao Governo do Estado, até porque o movimento visa fortalecer estes órgãos.
Então, veio a mim a seguinte dúvida: Não irem a estes órgãos foi algo involuntário ou tem a ver com o fato que a maioria dos dez empresários presentes tem ligações pessoais com membros do Governo e com Partidos da base do Governador Beto Richa/PSDB.
Com relação do fato que (98%) dos manifestantes serem alunos da rede pública, pergunto aos nossos professores: Foi o momento adequado para retirarem os alunos das salas de aula, já que estão em recuperação de conteúdo e horas aulas, em virtude de uma greve de interesses dos professores?

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Coisas do PSDB/Richa.

Ingratidão dos Richa gera solidariedade a Dilma nas redes sociais

24 jun 2015 - 15:30 6 Comentários
ingratidao_richaPegou mal para o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), a tentativa de capitalizar ontem (23), como sendo seus, os 20 ônibus entregues pelo programa “Caminho da Escola”, do governo Dilma Rousseff (PT).
Na mesma toada do pai, Marcello Richa, presidente da Juventude do PSDB no estado, também anunciou os veículos escolares, mas ainda reclamou da presidenta Dilma.
“Gov @BetoRicha entrega ônibus escolares p/ 20 municípios paranaenses. Apesar da crise nacional o PR segue em frente!”, tuitou o filho do governador.
A ingratidão dos Richa, que fazem cortesia com chapéu alheio, gerou solidariedade à presidenta.
“@MarcelloRicha @BetoRicha mas esses ônibus foram mandados pelo Gov Federal. Que feio !!!”, protestou um dos internaut
Gov @BetoRicha entrega ônibus escolares p/ 20 municípios paranaenses. Apesar da crise nacional o PR segue em frente! https://instagram.com/p/4RjTGCCtql/ 
@MarcelloRicha @BetoRicha mas esses ônibus foram mandados pelo Gov Federal. Que feio !!!
as.