Pages

terça-feira, 2 de setembro de 2014

A Guerra Começou.

Assista: Richa usa dinheiro de caixa dois na campanha, acusa Requião

esmaelemBlog do Esmael - Há 20 horas
O Senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, no último sábado (30), em Curitiba, acusou o governador Beto Richa (PSDB) de utilizar R$ 100 milhões com dinheiro de caixa dois na campanha durante reunião com 3,1 mil correligionários: “Eles têm, segundo dizem e se gabam, R$ 100 milhões para fazer a campanha. É […]

MPF quer que Beto Richa seja investigado por suposto  caixa 2

14 AGO 2014 - 16:18 
Para o procurador Alessandro José Fernandes de Oliveira, do Ministério Público Federal, a postura de Beto Richa ao esconder a prestação de contas aponta para existência de um caixa dois de campanha. “Ao postergar a prestação das devidas informações por exigência legal a todos os candidatos imposta, para além de violarem a legislação eleitoral relativa à prestação de contas, a conduta dos representados dá fortes indicativos probatórios iniciais de ocorrência de caixa dois (movimentação de gastos sem tramitação na conta bancária específica)". Denúncia partiu da Coligação Paraná Olhando Pra Frente, que tem a senadora Gleisi Hoffmann (PT) como candidata ao Palácio Iguaçu. Abaixo, leia a íntegra do parecer do MPF.
Para o procurador Alessandro José Fernandes de Oliveira, do Ministério Público Federal, a postura de Beto Richa ao esconder a prestação de contas aponta para existência de um caixa dois de campanha. “Ao postergar a prestação das devidas informações por exigência legal a todos os candidatos imposta, para além de violarem a legislação eleitoral relativa à prestação de contas, a conduta dos representados dá fortes indicativos probatórios iniciais de ocorrência de caixa dois (movimentação de gastos sem tramitação na conta bancária específica)”. Denúncia partiu da Coligação Paraná Olhando Pra Frente, que tem a senadora Gleisi Hoffmann (PT) como candidata ao Palácio Iguaçu. Abaixo, leia a íntegra do parecer do MPF.
O candidato à reeleição, governador Beto Richa (PSDB), deve ser investigado por suposto caixa dois por não ter apresentado à Justiça Eleitoral a prestação de contas dos primeiros 30 dias de campanha.
É o que recomenda parecer da Procuradoria Regional Eleitoral – órgão vinculado ao Ministério Público Federal (MPF) – encaminhado na manhã desta quinta-feira (14) a Corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PR).
O procurador regional eleitoral, Alessandro José Fernandes de Oliveira, afirma que o caso precisa ser investigado por conta da “existência de indicativos probatórios iniciais da ocorrência de ilícitos eleitorais nas contas dos representados, como caixa dois e abuso do poder econômico,  que necessitam de aprofundamento investigatório, haja vista que os elementos iniciais não são suficientes para uma análise exauriente”.

Mais Uma Derrota Para o Beto.

“Kinder Ovo” não, implora Richa

31 AGO 2014 - 15:37 41 Comentários
 Richa é autor da representação mais infantil e ridícula da história da Justiça Eleitoral do Paraná; juiz Leonardo Castanho Mendes indeferiu liminar pedida pelo tucano pedido para que a petista Gleisi Hoffmann se abstenha de chamá-lo de governador "Kinder Ovo"; governador do PSDB, quando inquirido, em quaisquer circunstâncias, se esquiva dizendo-se "surpreendido"; “Pode se dizer que a equiparação é de mau gosto, mas não ofende o candidato de forma alguma”, opinou o magistrado do TRE.

Richa é autor da representação mais infantil e ridícula da história da Justiça Eleitoral do Paraná; juiz Leonardo Castanho Mendes indeferiu liminar pedida pelo tucano pedido para que a petista Gleisi Hoffmann se abstenha de chamá-lo de governador “Kinder Ovo”;  governador do PSDB, quando inquirido, em quaisquer circunstâncias, se esquiva dizendo-se “surpreendido”; “Pode se dizer que a equiparação é de mau gosto, mas não ofende o candidato de forma alguma”, opinou o magistrado do TRE.
O governador Beto Richa (PSDB), candidato à reeleição, não gostou de ser rotulado de “Kinder Ovo” pela senadora Gleisi Hoffmann (PT). O tucano vê bullying da adversária petista, mas não admite  em público.
Talvez para não passar “recibo” de que acusara do golpe, Richa entrou com uma representação considerada a mais infantil e ridícula da história do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná  (TRE).
O governador do PSDB acusou Gleisi de fazer “propaganda de marca comercial” ao chamá-lo  de “Kinder Ovo”.
No debate da Band Curitiba, no último dia 28, a candidata do PT afirmou que Richa é o  candidato “Kinder Ovo” em virtude do número de vezes em que ele teria se surpreendido com notícias a respeito de seu governo.
Por óbvio, o juiz Leonardo Castanho Mendes indeferiu o pedido de liminar de Richa:
“Há, é claro, a imagem do Governador dentro de um ovo. Mas aí a imagem só foi utilizada com o  fim, obviamente satírico, de equiparar o candidato a famoso objeto de consumo infantil, cujo conteúdo se oculta da criança. Pode se dizer que a equiparação é de mau gosto, mas não ofende o candidato de forma alguma”, decidiu o magistrado.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

O Quê Eles Fizeram Por Nós??

Na próxima edição, como em todas, até as eleições, estarei relacionando o que cada Deputado Federal  e Estadual trouxe para nossa cidade, quem os apoia, como também, os nomes daqueles que NUNCA vieram aqui como também nunca trouxeram NADA.
Já vi diversas placas com o nome do Ratinho Jr. Pergunto: o que ele fez por nosso município para merecer nosso voto?
Dr. Batista. O quê este Deputado fez por nossa cidade? 
Jonas Guimarães, quem o conhece? o que ele fez para nosso município? 
A Resposta comum é NADA, NADA e NADA. Mas, temos pseudo lideranças, pessoas que só pensam em si ou que estão ganhando "alguns" (R$) para conseguir alguns votos para estes "paraquedistas", candidatos sem compromissos, pois, os votos que conseguirem estão sendo pagos (a falsa liderança).
Temos outra situação, o Deputado Douglas Fabrício (que faz, para aqueles municípios que ele representa, um bom trabalho), mas, é o Deputado que representa nosso município junto ao Governo do Estado, fiz a aproximação dele com o Gilson, diversos projetos foram encaminhados, MAS, NENHUM se transformou em benefícios,. POR QUÊ ?? Porque o assessor do deputado, senhor Edenilson Miliossi, pediu junto a Casa Civil, que NADA fosse liberado para Barbosa, (esta informação me foi repassada pelo prefeito Gilson Cassol), por qual motivo? isto quem deve esclarecer é o Miliossi. Então, exceto pelo fato do Deputado Douglas dar empregos a dois barbosenses ( Marcílio e Miliossi) NADA devemos a ele.
Recebi agora pela manhã um telefonema do ex-vereador Miliossi, que me diz ser a afirmação do Gilson "uma mentira". Nega ter agido contra os interesses de Barbosa, e, que houve demora na liberação das verbas, mas, por problemas de caixa do Governo Estadual, e, quando houve a liberação, o Gilson "tirou foto com outro deputado", mas que isto foi uma traição do prefeito.
Aqui estão as duas versões. Tire suas conclusões.
Mas, a lista não é só esta, logo surgirão novos nomes.

sábado, 30 de agosto de 2014

Lei de Incentivo.

Esta semana foi marcada pelo pronunciamento do vereador Roxinho, feito na sessão da Câmara, onde criticou o prefeito (de direito), Gilson Cassol, numa resposta ao comentário deste que "vereador não trabalha e não manda nada".
A reação do vereador Roxinho foi cobrar publicamente o fato do chefe (sic) do Executivo, mesmo tendo amparo Legal, ter deixado de dar apoio a empresa que recém se instalou no município e gera vários empregos. (graças a incompetência coletiva dele e do prefeito de fato/Pantera), pois o município está sem dinheiro.
A mim, como cidadão, não importa se o contrato foi de doze meses, o que importa é a função social que esta empresa está fazendo (gerando emprego e renda) melhor que dar cesta básicas. SE o município está "sem caixa", dialogasse.
A Gilson solicitou à câmara, cópia da Ata e do áudio, e penso que isto provocará reação, pois, imagine se o Roxinho solicitar a relação de empresas que recebem apoio do município, será que TODAS cumprem o estabelecido?
Uma Gestão falha e cheia de Ações deve provocar o Legislativo? e SE os vereadores passarem a fiscalizarem o Executivo?

Dia da Vergonha.

Tucanos Álvaro Dias e Beto Richa foram alvos de protesto no  Paraná

29 AGO 2014 - 13:33 39 Comentários
Cerca de três mil manifestantes marcharam nas ruas centrais de Curitiba, nesta sexta-feira (29), em Dia de Luto e de Luta Pela Educação; foram quatro horas de protesto transmitidas ao vivo pelo Blog do Esmael; educadores e estudantes carregavam faixas e cantavam palavras de ordem contra o senador Álvaro Dias e o governador Beto Richa; "#AposentaAlvaro", dizia uma das faixas; movimento lembrou os 26 anos do massacre de grevista em frente ao Palácio Iguaçu, no dia 30 de agosto de 1988, durante governo Dias.
Cerca de três mil manifestantes marcharam nas ruas centrais de Curitiba, nesta sexta-feira (29),  em Dia de Luto e de Luta Pela Educação; foram quatro horas de protesto transmitidas ao vivo pelo Blog do Esmael; educadores e estudantes carregavam faixas e cantavam palavras de ordem contra o senador Álvaro Dias e o governador Beto Richa; “#AposentaAlvaro”, dizia uma das faixas; movimento lembrou os 26 anos do massacre de grevista em frente ao Palácio Iguaçu, no dia 30 de agosto de 1988, durante governo Dias.
O senador Álvaro Dias e o governador Beto Richa, ambos do PSDB que disputam a reeleição, foram alvos na manhã desta sexta-feira de protesto da comunidade escolar paranaense. Cerca de três mil professores, funcionários de escolas, alunos e sindicalistas de outras categorias marcharam da Praça Santos Andrade, na Universidade Federal do Paraná, até o Centro Cívico, onde fica a sede  do governo estadual.
A principal manifestação ocorreu em Curitiba, mas houve passeatas e atos em vários municípios  do estado.
Blog do Esmael transmitiu ao vivo, durante quatro horas, a tradicional marcha dos educadores a partir da capital paranaense. O evento sempre ocorre no dia 30 de agosto, mas foi antecipado  para hoje porque a data este ano caiu no sábado.
Os manifestantes portavam faixa com a inscrição “#AposentaAlvaro” e  cantavam palavras de ordem contra o governador Beto Richa.
Em 30 de agosto de 1988, quando Álvaro Dias (PSDB) governava o Paraná, o Batalhão de Choque e a Cavalaria da PM foram utilizados para dispersar educadores em greve que protestavam em frente  ao Palácio Iguaçu (sede do governo estadual). A partir desse confronto, todos os anos, profissionais da educação fazem eventos para relembrar o “massacre” atribuído ao tucano.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

1 9 3.

Este é o número de emergência para chamar os bombeiros em caso de incêndio. Mas, que número  discar quando falta combustível no caminhão pipa da prefeitura, que faz o serviço de bombeiro?
Pois é, foi isto que aconteceu. Houve um incêndio em uma residência no Conjunto Esperança, neste início de madrugada., chamaram o caminhão pipa, que foi ao local, mas, chegando lá aconteceu o improvável. Acabou o combustível do caminhão.
Com a palavra o senhor Gestor. 

terça-feira, 26 de agosto de 2014

A (in)Segurança do Beto.

Irei dar um exemplo dos efeitos nocivos proporcionado pelo modelo de (in)Segurança Pública praticado pelo governador Beto Richa.
Houve aqui em nossa cidade uma sessão do Tribunal do Juri, onde duas pessoas foram acusadas de terem cometidos um assassinato. Não irei entrar no mérito se são culpados ou não, até por que foram absolvidos pelo corpo de jurados por falta de provas.
Estive no Forum e ouvi parte das alegações dos advogados dos réus, e, mesmo não sendo jurado, não pude deixar de dar razão a defesa, pois, em questão criminal, compete ao acusador PROVAR a culpa do acusado. E, a defesa reinou absoluto sobre o Inquérito Policial, pois, na "peça acusatória" não havia uma prova da culpa dos réus.
Sabem o por quê disto? Por quê Barbosa Ferraz, como outros pequenos municípios não possuem um delegado. Quem nos atende, também atende outros municípios, (e não mora aqui), portanto, pouca ou nenhuma atenção deu ao Processo. Investigação? Nada. 
Usando as palavras do advogado " nenhuma prova foi juntada ao autos que comprovassem a culpa dos réus", por não existirem, ou simplesmente porque nenhum trabalho investigativo ou pericial foi realizado.
Complementando, ainda usando os argumentos do advogado: " da investigação poderia sair duas coisas, a prova da culpabilidade ou da inocência dos réus, mas, no Processo, nada que provasse a culpa foi encontrado".
Este é o modelo de segurança do governador, nomeia-se um delegado para vários municípios, e este profissional (por falta de estrutura física e humana) "assina" os Inquéritos, e, pela ausência de um trabalho profissional pessoas que deveriam estar presas (e não me refiro a este caso específico) estão no convívio da sociedade sem pagarem duas dívidas. 

O Jogo Começou.

O que explica a diferença gritante entre Datafolha e Ibope?

esmaelemBlog do Esmael - Há 13 horas
Até as capivaras do tradicional Parque Barigui, em Curitiba, ficaram com a pulga atrás da orelha depois dessa pesquisa divulgado esta noite pelo Ibope/RPC. O instituto, também conhecido nos bastidores da política como “iBeto”, possui contrato milionário com o governo do Paraná. De acordo com o iBeto, Beto Richa (PSDB) tem ...

Sessão da Câmara.

"Um navio sem rumo". É assim a melhor definição para o que ocorre em nosso município, segundo pronunciamento do vereador e presidente da câmara Luciano Soares de Souza, mas, pior, temos que concordar com ele.
Quem conhece o vereador Roxinho, sabe que ele sempre foi "da paz", sempre apoiou o prefeito em exercício, neste mandato tem se concentrado em levar aquelas pessoas que precisam de atendimento médico mais complexo para Curitiba (fazendo isto está ajudando ou fazendo o que seria responsabilidade do Gestor), mas, ontem, em seu pronunciamento o vereador Roxinho rasgou a "bandeira branca" e cobrou veementemente que o Gestor, seja ele o Gilson ou o Pantera, cumpram com suas obrigações e trabalhem, pois, estamos na eminência de perder uma empresa que gera 18 empregos, tudo isto porque o município está falido e não consegue pagar um aluguel de R$ 800,00 por mês.
Voltando a frase inicial deste artigo, sabemos que não é só este problema, aliás, hoje Barbosa Ferraz é um município que SÓ tem problemas,  em TODOS os setores, seja na saúde, na educação, na infraestrutura, administrativamente, mas o pior, tem um, corrijo, tem DOIS problemas de GESTÃO, pois, tem um prefeito eleito que é um ignorante administrativamente falando e é COMANDADO, por alguém que não serviu para ser nem "oficial de justiça nomeado".
Ao homem é dado a opção de agir com a paixão ou com a razão, mas, infelizmente para nós, a impressão que se tem é que "nossos gestores" só pensam com a "cabeça de baixo".
Obs. Nenhum vereador fez a defesa do Gilson/Pantera.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

O Inexplicável.

Richa bate-boca nas redes sociais por causa de aumento na conta de  luz

25 AGO 2014 - 16:35 16 Comentários
Nas redes sociais, consumidores dizem não entender o motivo de governo Richa não ter autonomia para segurar reajustes nas tarifas da Copel; em bate-boca com internautas, tucano novamente colocou a culpa do aumento da conta de luz no governo federal; polêmica voltou à tona nesta segunda-feira (25) quando Richa informou, pelo Facebook, que a estatal paranaense foi eleita a melhor distribuidora de energia da América Latina. “De que adianta prêmios se temos uma tarifa alta”, reagiu uma consumidora no perfil do governador.
Nas redes sociais, consumidores dizem não entender o motivo de governo Richa não ter autonomia para segurar reajustes nas tarifas da Copel; em bate-boca com internautas, tucano novamente colocou a culpa do aumento da conta de luz no governo federal; polêmica voltou à tona  nesta segunda-feira (25) quando Richa informou, pelo Facebook, que a estatal paranaense foi eleita a melhor distribuidora de energia da América Latina. “De que adianta prêmios se temos uma tarifa alta”, reagiu uma consumidora no perfil do governador.
O governador Beto Richa (PSDB), candidato à reeleição, está sendo pressionado pelas redes sociais a se manifestar sobre o reajustão na conta de luz que chegou aos 4,2 milhões de consumidores paranaenses.
Pelo Facebook, o tucano foi instigado hoje a responder sobre o motivo da tarifa da Copel subir tanto. Como já era previsível, Richa atribuiu a culpa ao governo federal. “O aumento das tarifas é  de responsabilidade do governo federal”, esquivou-se.
O tarifaço de 35% na energia dos consumidores foi parcelado pelo governador Beto Richa,  mas, mesmo assim, os consumidores reclamam dos valores altos. O reajuste médio que chegou este mês na conta de luz foi de 24,86%.
A polêmica do tarifaço voltou à tona nesta segunda-feira (25) quando Richa informou,pelo Facebook, que a estatal paranaense foi eleita a melhor distribuidora de energia da América Latina. “De  que adianta prêmios se temos uma tarifa alta”, reagiu uma consumidora no perfil do governador.